“Ciclo de diálogos – Metas para a Salvador que Sonhamos” propõe gestão compartilhada da cidade e carta compromisso a candidatos à Prefeitura

ago 29, 2016
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Encontros propostos por coletivos e organizações apartidárias buscam pactuar metas entre sociedade civil e poder público para a criação de políticas urbanas e sociais de Salvador

Um grupo de coletivos e organizações da sociedade civil promove, em agosto e setembro, no Candyall Gueto Square, no bairro do Candeal, o Ciclo de Diálogos – Metas para a Salvador que Sonhamos, propondo que a sociedade civil apresente sugestões de metas prioritárias para a gestão da cidade de Salvador às equipes de campanha dos candidatos e candidatas à Prefeitura. Dividido em três momentos, o Ciclo destaca os temas de arborização urbana e mobilidade ativa (30/08), gestão de resíduos (05/09) e inovação e inclusão social (13/09), apresentando demandas consideradas urgentes para garantir a moradores e moradoras de Salvador o Direito à Cidade. Os três encontros culminam em uma conversa com os próprios candidatos, que serão convidados a assinar uma carta compromisso no dia 20 de setembro.

cicloA iniciativa, apartidária, propõe um espaço em que a sociedade civil possa ter voz, e garante o mesmo tempo de fala às equipes de todos os candidatos. A ideia é aproveitar o momento das eleições para incluir nos planos de gestão municipal as demandas da sociedade civil relacionadas a políticas públicas urbanas e de inclusão social. Para Erica Telles, do coletivo Mobicidade Salvador, este é um espaço para a sociedade civil ter a chance de expor suas ideias de forma democrática a quem almeja assumir a gestão pública. “Diante de todas as ações implementadas pelo coletivo (consulta pública e rodas de conversas em bairros periféricos), conseguiremos formalizar uma carta compromisso de acordo com os anseios da população e com isso, acompanhar e monitorar nosso futuro gestor para que ele cumpra o que se comprometeu”, afirma Erica.

O grupo de nove coletivos e organizações  — atuantes em diferentes frentes urbanas e sociais — que promove o diálogo, propõe enriquecer as propostas de gestão dos candidatos. “Os grupos da sociedade civil de Salvador que atuam na busca de direitos de mobilidade, saúde, segurança, bem-estar e inclusão social têm realizado ações conjuntas por compreender que, mesmo focados em temas específicos, estão todos atrás de um mesmo objetivo: uma cidade feita para pessoas. Mas, para que isso tenha mais efeito, é imprescindível que consigamos dialogar com quem ocupa os cargos públicos, propondo a gestão compartilhada da cidade”, afirma Débora Didonê, do movimento de intervenção urbana Canteiros Coletivos.

O Ciclo de Diálogos é organizado localmente por Canteiros Coletivos, Cidadanize-se,  Desabafo Social, Gambá, La Frida Bike, Kumasi, Mobicidade Salvador, Pracatum e SER, e tem apoio da plataforma do Programa Cidades Sustentáveis e da União dos Ciclistas do Brasil, ambos de repercussão nacional.

Serviço:

Temas Quando
Mobilidade ativa

e

Arborização urbanaData: Dia 30/08
Hora:18h30
Local: Candyall Gueto Square – CandealGestão de ResíduosData: Dia 05/09
Hora:18h30
Local: Candyall Gueto Square – CandealInovação e Inclusão SocialData: Dia 13/09
Hora:18h30
Local: Candyall Gueto Square – CandealEncontro com candidatos para assinatura da Carta compromisso de metasData: Dia 20/09
Hora:18h30
Local: Candyall Gueto Square – Candeal

Pontos a serem abordados como metas dos governos no primeiro encontro:

ARBORIZAÇÃO URBANA E MOBILIDADE ATIVA:

– Plano Diretor de Arborização Urbana;

– Necessidade de arborização em reformas de praças;

– Revisão de retirada e podas drásticas de árvores;

– Mobilização comunitária e contrapartidas da gestão municipal para adoção de canteiros e praças;

– Participação Cidadã e Conselho Municipal de Meio Ambiente;

– Recuperação de rios canalizados aliada a plantio de árvores nas encostas;

– Definição de orçamento para a mobilidade ativa e uma rede cicloviária (Lei Nacional de Mobilidade Urbana);

– Redução de velocidade nas vias;

– Plano Municipal de Mobilidade Urbana;

– Participação Cidadã e Conselho Municipal de Mobilidade / Transportes;

– Infraestrutura e orçamento para modais ativos: pedestres, ciclistas e outros modais não motorizados, assim como pessoas com acessibilidade reduzida;

Grupos responsáveis pelo Ciclo de Diálogos:

CANTEIROS COLETIVOS: é um movimento de intervenção urbana cidadão, autônomo e apartidário que mobiliza moradores e comerciantes da capital baiana a recuperar áreas verdes públicas abandonadas através de mutirões de limpeza, plantio e intervenção artística, transformando-as em locais de fruição e geração de renda para comunidades locais. Mais informações: www.canteiroscoletivos.com.br

CIDADANIZE-SE: é uma plataforma de ativismo digital que tem o objetivo de mapear e divulgar à população os pontos de coleta seletiva de materiais recicláveis de Salvador, esclarecer sobre a destinação destes resíduos, mapear cooperativas de reciclagem e dar a entender o sistema e o ciclo da reciclagem de resíduos. Busca apresentar uma visão resiliente e sustentável de Salvador, disseminar conceitos de economia circular, consumo consciente e contribuir para práticas cidadãs. Mais informações: www.cidadanizese.com.br

DESABAFO SOCIAL: nasceu do desejo de transformar a realidade através de ações estruturadas e intencionais, sempre trabalhando com Educação e Comunicação em Direitos Humanos. Atua em âmbito nacional, fortalecendo a participação juvenil. Sediado em Salvador, conta com colaboradores jovens em 13 estados brasileiros, buscando formas de promover a cultura de direitos humanos, incentivar e estimular o engajamento de adolescentes e jovens e garantir novas práticas pedagógicas com base em indicadores e dados. Mais informações: www.desabafosocial.com.br

GAMBÁ: O Gambá – Grupo Ambientalista da Bahia é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, constituída com a finalidade de promover a conservação do Meio Ambiente, o desenvolvimento sustentável e a formação da cidadania, baseada em princípios democráticos e de justiça social. Mais informações: http://www.gamba.org.br/

KUMASI: marketplace que reúne empreendedores negros de Salvador. Além disso, garante suporte na área de gestão, comunicação e marketing digital através de treinamento e rodadas de negócios:.www.kumasi.com.br

LA FRIDA BIKE: é um projeto feminino de cicloativistas negras, um projeto móvel que une bicicleta a arte de rua, estimula a representatividade feminina na mobilidade urbana, ampliando as vozes das mulheres negras e ocupando espaços no qual a bike é utilizada como instrumento de empoderamento e transformação na sociedade. Mais informações: www.facebook.com/lafridabikecafe

MOBICIDADE SALVADOR: é um coletivo que promove e articula ações para o uso da bicicleta e modais ativos como meios de locomoção urbana, assim como a integração destes com os demais modos de transporte na Rede Municipal de Salvador. Entre 2015 e 2016, foi selecionado pela União dos Ciclistas do Brasil para participar dos projetos Bicicleta nos Planos de Mobilidade e Bicicleta nas Eleições, na cidade de Salvador. Os integrantes do coletivo usam a bicicleta como meio de transporte urbano, com o objetivo de contribuir para uma cidade mais humana, segura, saudável e justa, onde todos possam escolher o seu meio de locomoção dignamente. Mais informações: www.mobicidadessa.wordpress.com

PRACATUM: a Associação Pracatum Ação Social –  APAS, fundada em 1994 pelo músico Carlinhos Brown, é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que realiza programas educacionais, culturais e de desenvolvimento comunitário no Candeal Pequeno de Brotas, em Salvador, Bahia. A Pracatum surge da necessidade da comunidade de se profissionalizar e buscar alternativas para melhorar a qualidade de vida e da inquietação de Carlinhos Brown, que identificando o potencial dos moradores, propõe, através da música, resgatar a herança cultural do Candeal e aproveitar elementos da realidade local para promover a transformação socioeconômica. Mais informações: www.pracatum.org.br

SER: atua através do seu programa de incubação e pré aceleração que tem como base a EXPEDIÇÃO, metodologia desenvolvida pela SER; da NOSSA, espaço de inovação social e sustentabilidade; do CONECTA+, plataforma de fomento e do desenvolvimento de metodologias participativas e facilitação para o desenvolvimento de soluções. Mais informações: www.facebook.com/nossacasacolaborativa

Contatos para imprensa:

Canteiros Coletivos (Temática: Arborização Urbana)

Débora Didonê, contato@canteiroscoletivos.com.br

(71) 99148-5663

Cidadanize-se (Temática: Resíduos Sólidos)

Iracema Marques, iracemassm@gmail.com / contato@cidadanizese.com.br

(71) 99988-7671

Desabafo Social (Temática: Inovação Social e Inclusão Social)

Vanessa Brito, vanessa@desabafosocial.com.br 

(71) 99942-6275

Gambá (Temática: Arborização Urbana)

Juliana Ferreira, ascom@gamba.org.br

Kumasi (Temática: Inovação Social)

Lucas Santana, contato@kumasi.com.br

(71) 98541-9662

Coletivo Mobicidade Salvador (Temática: Mobilidade Ativa)

mobicidade@gmail.com

Erica Telles, (71) 98133-5252

Marcia Meneses, (71) 98892-3032

Pablo Florentino, (71) 98872-7353

SER (Temática: Inovação Social)

Juca Cunha, ser.juca@negociosocioambiental.com

(71) 98840-4459

Comentários

Comentários

Faça parte da nossa rede!

Fique por dentro que tudo que fazemos nos seguindo nas redes sociais!

   

Powered by WordPress Popup