Chega ao Brasil tecnologia que pode mudar o rumo da política

ago 09, 2016
4 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 4 Filament.io 4 Flares ×
Por Monique Evelle
Se você está decepciond@ com a política…
Se você é um militante cansad@, mas que ainda tem forças para querer mudar o cenário político…
Se você acredita que a política precisa ser reinventada…
Se você sairá como candidat@ nas próximas eleições com o discurso de hackear/transformar a política…
Se você é uma pessoa em crise…
Se você não é nada disso…
… lembre-se que em outubro teremos eleições municipais no Brasil, novas regras para campanhas eleitorais (redução do tempo da campanha eleitoral de 90 para 45 dias, começando em 16 de agosto. E o período de propaganda dos candidatos no rádio e na TV também foi diminuído de 45 para 35 dias, com início em 26 de agosto, no primeiro turno) e está difícil saber em que candidat@ podemos votar.  Mesmo que nosso voto seja em branco ou nulo, candidat@s serão eleit@s. Mas que candidat@s são ess@s?
Foi exatamente assim que comecei o texto 3 ideias geniais para inovar na política. E acredito que não poderia começar diferente para falar de uma plataforma incrível chamada U-Report Brasil. Mas antes, vamos entender umas coisinhas.

 

O gráfico abaixo mostra que a cada 10 brasileiros, 8 têm conta no Facebook e 92 milhões acessam mensalmente esta rede social.

 

Isso significa que através da rede social mais utilizada pelos brasileiros, podemos engajar pessoas e gerar participação social ativa. O U-Report é isso! Um programa de participação de adolescentes e jovens que utiliza o Facebook, mas também usa SMS e Twitter para reivindicar nossos direitos e fortalecer nossas vozes.

ur

 

COMO FUNCIONA
u-reportt

Facebook: U-Report Brasil

Inscrição voluntária

Enquetes semanais: Educação, Gênero, Raça, Violência etc

Dados em site público

– Usuários são cadastrados por idade, gênero, cidade e nível de liderança

Privacidade (não revela os dados dos participantes, pois utiliza um sistema open source chamado RadiPro)

COMECE AQUI

BENEFÍCIOS

– Ouvir a opinião  dos adolescentes e jovens

– Influenciar decisões políticas e sugerir novas políticas públicas

– Identificar temas sociais que estão nas rodas de conversas dos adolescentes e jovens

– Reduzir a distância entre adolescentes, jovens e poder público.

Essa é a nova política. Uma política 2.0

Comentários

Comentários

Faça parte da nossa rede!

Fique por dentro que tudo que fazemos nos seguindo nas redes sociais!

   

Powered by WordPress Popup