Por que criamos o Ubuntu se já existem outras redes sociais?

dez 16, 2015
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Desde o surgimento da internet, há quase 30 anos, a comunicação e o modo de relação entre as pessoas mudaram muito. Nesta nova interação, empresas descobriram oportunidades de ganhar dinheiro desenvolvendo plataformas interativas como as redes sociais, sendo o Facebook a principal e mais importante do mundo, com mais de 1,40 bilhão de usuário com apenas 10 anos de história.

A ideia de unir as pessoas em rede não parte da premissa da cooperação, pelo contrário, significa investimento e retorno para empresas privadas. Uma das principais (e mais perversas) forma de lucro é a propaganda. Nela a rede social vende informações do usuário para empresas que querem anunciar para um público específico.

Por isso que o Desabafo Social criou a Rede Social Ubuntu , como forma de fazer uma plataforma verdadeiramente livre e independente. Além de garantir a privacidade, resulta num espaço de diálogo sem vícios trazidos de empresas.

Apoie o Ubuntu. Mude sua foto do perfil do facebook aqui: EU USO UBUNTU

Comentários

Comentários

Faça parte da nossa rede!

Fique por dentro que tudo que fazemos nos seguindo nas redes sociais!

   

Powered by WordPress Popup