Quando vimos o judiciário ser menos conservador que o Congresso

set 19, 2015
Lucas
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Nosso Congresso nunca representou a população brasileira, nem de longe. Porém, sempre tínhamos o nosso poder judiciário como o mais conservador dos três poderes, defendendo os interesses da burguesia, grandes empresas e criminalizando o jovem, negro e pobre.

Porém, depois que vimos o Supremo Tribunal Federal proibir doações de empresas, algo que o Parlamento (de Cunha) fazia de tudo para impedir, podemos pensar que chegamos ao fundo do poço com os nossos Congressistas?

Claro que temos outros exemplos, como a pauta da maioridade penal, a criação da bancada BBB (Boi – Bíblia – Bala), o projeto que muda a forma da demarcação de terra (dando mais importância aos ruralistas do que aos indígenas), o Estatuto da Família (Desconsiderando o casal homosexual como família), a discussão do estatuto do desarmamento (querendo liberar arma de fogo), a criminalização do aborto, a ideia de instituir o Dia do Orgulho Hétero e muitos outros.

Em apenas um ano descobrimos o que este congresso é capaz, ainda faltam mais três primaveras para novas eleições. Uma eternidade para quem precisa de políticas públicas.

Comentários

Comentários

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Faça parte da nossa rede!

Fique por dentro que tudo que fazemos nos seguindo nas redes sociais!

   

Powered by WordPress Popup