Eles querem mudar aqui e agora | Correio da Bahia

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

foto 2

“Do grêmio às ruas

Em Salvador, Monique Evelle, 20, é uma jovem que atua na proteção aos direitos humanos. Aos 16 anos, incomodada com o preconceito racial, fundou um grêmio estudantil ainda no ensino médio, nomeado de Desabafo Social, em 2011. Porém, em seu último ano colegial, decidiu mantê-lo e transformá-lo no que é hoje, um coletivo que propõe debater direitos humanos através da Educomunicação. “Quando a gente fala em educação e direitos humanos, a linguagem mais próxima da garotada é a comunicação, seja ela como for”, explica.”

Correio da Bahia

Comentários

Comentários

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Faça parte da nossa rede!

Fique por dentro que tudo que fazemos nos seguindo nas redes sociais!

   

Powered by WordPress Popup